Constelação Familiar individual

Instituto Marusa Constelações Familiares

Constelação Familiar
individual

Instituto Marusa Constelações Familiares

quem somos 2.jpg
4.png

consulta.

CONSTELAÇÃO FAMILIAR

A intervenção com Constelações Familiares no Atendimento individual pode ser realizada com bonecos, os quais substituem os representantes do grupo e com âncoras, configurando um trabalho mais estrutural. O atendimento também pode ser realizado fenomenologicamente através de vivências sistêmicas onde o constelador representa as conexões vivenciais pertinentes ao tema do cliente.

No atendimento individual trabalhamos a conexão estabelecida com o tema, uma conexão que indica um espelhamento de outras frequências habituais vividas na vida. Ao trabalhar uma conexão, muitas outras conexões são abarcadas. Um fenômeno que abrange múltiplas conexões ligadas entre si como uma grande rede. Quando desatamos um nó de uma de suas interseções, toda a rede se movimenta e se reorganiza.

 

Não é possível prever o tempo de ressonância e cura após uma constelação. Deixamos agir. A mudança é imediata e ocorre no seu campo individual e nas as suas ligações com o campo familiar. O movimento de harmonização é interno e independe de sua compreensão racional. 

Devido a particular reação individual, geralmente solicitamos um bom intervalo entre a intervenção com constelações​

Cada pessoa e cada tema, no sistema pessoal/familiar, têm uma ressonância própria. O tempo é individual e relativo, abarca desde meses a anos. Alguns clientes procuram a constelação após muitos anos (2 a 6 anos) e outros clientes, já sentem a necessidade de continuar sua liberação após dois meses solicitando outra constelação, utilizando-se de outro tema. O próprio cliente sentirá e decidirá quando deve retomar decidindo a hora de intervir novamente.

 

A premissa das Constelações Familiares baseia-se na compreensão de que todos fazemos parte de um sistema coletivo, de pertencimento à um grupo familiar composto por muitas gerações. O que, vive o descendente no tempo presente são os resquícios das questões ainda pendentes dos nossos antepassados.

ÚNICA INTERVENÇÃO

Indicamos a intervenção com as Constelações Familiares quando se vive situações em que a vida não evolui, não segue o movimento natural, quando estamos com conflitos relacionais ou enfermidades e quando os filhos apresentam dificuldades.

 

As vivências atuais dificultosas são sinais de que estamos vivendo algo (uma situação, um vínculo, um sentimento) espelhado da nossa ancestralidade e que precisa ser revisitado e reconciliado senão continuarão se repetindo nas próximas gerações.

A constelação familiar é uma ferramenta eficaz para a harmonização pendente pois trabalha conexões além do tempo presente e do espaço ‘matéria-energia’ e, assim, graças à esta descoberta, podemos nos colocar a serviço do nosso sistema.

 

 

Trabalhamos nas constelações conexões muito profundas, enraizadas nos hábitos dos antepassados. Padrões que abarcam crenças e valores e nos prendem à repetição inconsciente. Estas conexões são fenômenos que se encontram muito além da nossa lógica de conhecimento e reflexão.

 

Após a intervenção, o cliente sente uma grande leveza e sua ressonância flui em todo o seu sistema pessoal e familiar.

 

Para constelar, não precisamos de muitas informações e, o seu atendimento é realizado através de  uma única intervenção, fator este que evita desgastes em encontros contínuos e dispendiosos.​

APÓS A CONSTELAÇÃO

​Após a constelação a sua sensação é de leveza e você deverá permitir que ela perdure em sua vida. O objetivo básico deste trabalho é promover a liberação do indivíduo com sua ancestralidade, sua necessidade de compreensão e lógica sobre o que você vivenciou na constelação não irá contribuir em nada com seu processo.

 

Colocamos abaixo algumas questões sobre as situações vivenciadas após as constelações, dedique algum tempo para se informar.​​

dúvidas.